PCB expulsa jovem guru comunista que fez a cabeça de Caetano/Veja

 

 

O nome de Jones Manoel surpreendeu muita gente quando ele foi citado por Caetano Veloso durante  entrevista ao programa Conversa com Bial, da TV Globo, em 2020, como uma de suas referências  recentes sobre política, em especial sobre socialismo.

Naquele mesmo ano, o músico entrevistou o historiador pernambucano, à época com 30 anos de  idade, em um programa do canal Mídia Ninja, no YouTube. “Hoje estou muito feliz porque vou  conversar com Jones Manoel, um jovem pensador marxista que mudou a minha cabeça”, disse  Caetano ao apresentar o seu entrevistado.

O músico baiano disse á época que havia deixado para trás alguns pensamentos “liberalóides” que tinha depois de ler Revolução Africana: Uma Antologia do Pensamento Marxista, escrito por Jones. Segundo o cantor, a obra também fez com que ele mudasse a sua visão sobre alguns governos socialistas históricos, o que na época foi considerado por muitos como um flerte com o stalinismo, que norteia boa parte do ideário de Jones.

Leia mais em Veja