REVISTA ALEMÃ EXPÕE SEU MAIOR “FAKE NEWS”: OS DIÁRIOS FALSOS DE HITLER

Relembre: A revista alemã Stern expôs pela primeira vez, neste sábado (15/09), os diários falsos de Adolf Hitler, que em maio de 1983 colocaram a publicação no meio de um dos maiores escândalos da história da imprensa alemã. Os diários eram falsos, mas foram apresentados pela revista – que não sabia disso – como verdadeiros.

A exposição reuniu sete dos 62 diários produzidos pelo falsário Konrad Kujau e adquiridos pela revista por 9,3 milhões de marcos alemães, além de objetos relacionados, como o ferro de passar roupa que Kujau usou para “envelhecer” o papel.

“Estamos expondo a nossa maior ferida”, afirmou o diretor de redação da Stern, Christian Krug, às cerca de mil pessoas que foram à sede da editora Gruner+Jahr, em Hamburgo, no chamado Dia das Portas Abertas, data em que instituições alemãs abrem suas portas ao público e apresentam o seu trabalho.

Leia mais em Deutsche Welle