O PSOL DE SEMPRE

A bancada do PSOL na Câmara dos Deputados está questionando o projeto de lei de Jair Bolsonaro que trata do excludente de ilicitude. Para o PSOL, o PL cria uma licença para matar e estimula a violência.

Já era de se esperar a posição do partido sobre o projeto de Bolsonaro. Faltou dizer apenas que a “licença para matar” é apenas uma tentativa do lado decente do país em equilibrar a situação. Atualmente, só quem tem essa “licença” é a bandidagem que anda feliz como passarinho que saiu da gaiola.