UMA CRÍTICA AUTORIZADA

O cardeal alemão Gerhard Muller tem críticas ao Sínodo da Amazônia. “A Igreja é de Jesus Cristo e deve pregar o Evangelho e dar esperança para a vida eterna. Você não pode se tornar o protagonista de nenhuma ideologia seja a de ‘gênero’ ou a de neopaganismo ambientalista. É perigoso se isso acontecer.”